05 setembro, 2015

IMPERADOR RUSSO NICHOLAU II FOI VITIMA DE UMA INDUSTRIA DE MENTIRAS.

IMPERADOR RUSSO NICHOLAU II FOI VITIMA DE UMA INDUSTRIA DE MENTIRAS.


        A família real Russa e quatro de seus servidores foram brutalmente assassinados em julho de 1918 no porão da casa Ipatiev na cidade de Yekaterinburg. O Pravda.Ru conversou sobre a terrível pagina da historia Russa com Pyotr Multatuli, historiador e autor de livros sobre Nicholas II  além de bisneto de Ivan Kharitonov, que foi um dos  chefes da cozinha imperial,que foi executado junto com a família real.
        É você um monarquista e Cristão Ortodoxo? Você tende a analisar a história da morte da família real Russa a partir deste ponto de vista?
        Eu sou Cristão Ortodoxo, e, naturalmente eu sou monarquista. Em termos políticos, eu não pertenço a nenhum partido monárquico, mas eu com certeza acredito que a monarquia Russa foi a melhor forma de governo Russo.
        Você avalia o assassinato da família real como uma conspiração?
      Sim, foi resultado de uma conspiração para derrubar o Imperador. Mas também acho que foi o empobrecimento espiritual da sociedade Russa durante aqueles anos, quando a Rússia afastou-se do cristianismo ortodoxo, fé e dedicação. Esta é uma das razões pela qual o czar foi derrubado e então selvagemente assassinado. O objetivo de círculos  poderosos da Grã-Bretanha e certos círculos nos Estados Unidos era derrubar e matar a família real Russa. O Governo Provisório estava claramente instruído para não deixar que a família real saísse da Rússia - eles não queriam que a família real Russa se mudasse para a Inglaterra.
         Foi traição de ambos, parentes e aliados?
      Com certeza, foi traição. Eles traíram Nicholas II em março de 1917 e  novamente traíram a ele e a família real  quando  foram enviados para Tobolsk e dalí para Yekaterinburg. Eles sabiam de tudo. Os cônsules representantes britânicos os cônsules da França estiveram com os Bolcheviques em Yekaterinburg. Seus telegramas provam que eles estavam no controle da situação.
       O que você pensa sobre o fato de todos estarem contra a família real? Nicholau II escreveu em suas memórias que a única pessoa emque ele podia confiar era  sua esposa.
       Muitas pessoas do círculo mais fechado do Imperador se envolveram num jogo político no qual se viram totalmente perdidos. Eles pensavam e apostavam que, numa eventual constituinte poderiam exercer influência  e preservar seus interesses. Com certeza eles estavam em conluio com o DUMA, mas não diretamente como conspiradores , mas como gente desprovida de uma bússola moral.


      Mas terem executado toda a família foi cruel. Aconteceram revoluções antes da revolução Russa, quando personagens reais foram executadas. Por exemplo, quando a esposa de Luis XVI foi executada. Na Rússia houve um assassinato desprezível - eles mataram mesmo aqueles , que escolheram ficar com a família real. A propósito, seu parente, o cozinheiro chefe da cozinha imperial Ivan Kharitonov - foi sua escolha consciente ficar com o czar?
         Sim, com certeza, foi uma escolha absolutamente consciente. Difunde-se a idéia de que todos na sociedade russa traíram o czar Russo -mas isto é uma mentira.  Trata-se de uma tentativa de distorcer a história. Muitas pessoas morreriam pelo czar. Basicamente , toda a história é a traição pela elite. Não havia inflação na Rússia. Antes de fevereiro de 1917, não havia cartões de racionamento de alimentos na Rússia. Na mesma época na Alemanha e na França, o povo pasava fome. Todas essas falsas razões econômicas e sociais são usadas para justificar o assassinato da família real.
         Forças externas  participaram da queda do Imperador Russo, mas as  principais forma as internas. Acima de tudo , foi a burguesia Russa - que estava descontente com o governo , devido ao firme controle sobre seus lucros abusivos. Houve também forças de jovens militares que desejavam o poder. Essas forças formaram alianças com  as potências ocidentais e planejaram a Revolução de Fevereiro."
         Mas o Imperador também cometeu seus erros. O que você me diz do sangrento evento de 9 de janeiro?
         Os eventos de 9 de janeiro foram tão somente uma típica revolução laranja, falando em língua moderna. O Império Russo antes de 1904 - 1905 era um estado terrivelmente burocrático. O czar era mal informado. Previa-se  uma greve de aproximadamente 120.000 trabalhadores. Entretanto mais de 300.000 pessoas tomaram as ruas. Foi  gente no meio da multidão que primeiro abriu fogo contra as tropas. Na Ilha Vasilyevsky, foram colocadas barricadas de arame farpado de 4 metros de altura - foi uma rebelião muito bem preparada. Comparando grosseiramente, foi como a recente Maidan na Ucrânia.
         Muitas pessoas discutiram isso como fraqueza do czar.
       O czar teve uma clara e firme força de vontade. Ele não ia atrás dos conselhos de ninguém. Ele foi capaz de controlar influências externas. Ele foi um homem que escutava tudo com muita atenção, chegando mesmo a analisar com dobrada atenção as opinião dos outros antes de tomar suas próprias decisões. Não havia influências do externa. Em geral , pode-se dizer que, havia uma grande indústria de mentiras criadas em torno do nome de Nicholas II. As forças que chegaram ao poder com o  golpe, tiveram que justificar sua legitimidade. Eram criminosos  que moravam em estados inimigos enquanto se dava o golpe.
        Lenin, por exemplo estava residindo na Áustria-Hungria e depois na Suíça. Não foi surpresa Stalin proibir qualquer menção sobre o hediondo crime em Yekaterinburg, porque ele logo entendeu que isto jogaria sombras sobre seu regime.
         Stalin, também, estava construindo o seu próprio império, mas este  que não tinha nada em comum com o Império Russo. O império de Stalin não procurava atender aos interesses do povo russo. E qual era a natureza da monarquia Russa? Havia Deus, o czar como o pai do povo, e os russos eram seus filhos, que ele amava, mas que ele podia também, eventualmente punir.

ENTREVISTA CONDUZIDA POR IGOR BUKKER
PRAVDA.RU

Tradução:
Penhair Bettencourt Bernardone Zimma Carloti
Diretora do Círculo Monárquico do rio de Janeiro

"Conforme solicitação de Dr.Bruno Hellmuth, Presidente do Círculo Monárquico do Rio de Janeiro, segue tradução que fiz baseada em publicação que saiu no PRAVDA. (OBS:) Originalmente publicado em russo, traduzido para inglês, e agora para português, reportagem sobre o último Imperador da Rússia NICHOLAS II."



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

OBRIGADO PELA VISITA