29 novembro, 2012

24 novembro, 2012

Paixão e Morte da Princesa Isabel

Paixão e Morte da Princesa Isabel
/div>

MAIS NOTÍCIAS, VÍDEOS E PALESTRAS EM NOSSA PÁGINA PRINCIPAL http://www.circulomonarquicoriodejaneiro.org/

 NOSSO FACEBOOK 
Junte-se a nós no Facebook Círculo Monárquico do Rio de Janeiro https://www.facebook.com/circulomonarquicodo.riodejaneiro

17 novembro, 2012

Aniversário com a Família Imperial


Ontem, dia 16/11/2012, foi celebrado o 80º aniversário  do Prof. Otto de Alencar Sá Pereira, monarquista dedicado à causa há mais de 60 anos. A festa, que foi precedida de uma missa,  contou com a presença de membros da Família Imperial Brasileira, como SS.AA.II.RR. D. Antonio de Orleans e Bragança e sua esposa Dona Christine, bem como seu irmão o Príncipe D. Fernando. 

<

O Prof Otto, ainda estudante contituiu uma associação monárquica, e depois veio a servir como assessor do pai da atual geração de príncipes brasileiros, D. Pedro Henrique, que foi Chefe Casa Imperial Brasileira de 1921 a 1981.A partir dessa experiência, o Prof. Otto foi um dos fundadores do atual Círculo Monárquico do Rio de Janeiro, tendo sido Chanceler por cerca de 10 anos em mandatos alternados.

(maioria das fotos enviadas por Jean Menezes do Carmo)

O Prof Otto tem um site:
http://dialogosmonarquicos.blogspot.com.br/

MAIS NOTÍCIAS VÍDEOS E PALESTRAS EM NOSSA PÁGINA PRINCIPAL http://www.circulomonarquicoriodejaneiro.org/ 

NOSSO FACEBOOK 
Junte-se a nós no Facebook Círculo Monárquico do Rio de Janeiro https://www.facebook.com/circulomonarquicodo.riodejaneiro

14 novembro, 2012

Monarquias X República: Qual é mais corrupto?


Autor: Sebastião Fabiano Pinto Marques
Saiu o relatório da corrupção global em 2011 elaborado pela organização Transparência Internacional. Nele podemos ver quais foram os 10 países mais honestos e os 10 países mais corruptos no ano de 2011.






O Brasil caiu da 69º para 73º! Ou seja: tornou-se ainda mais corrupto.

Os 10 países mais honestos do mundo – 2011
Ranking País Nota Sistema de Governo
1 Nova Zelândia 9,5 Monarquia Parlamentarista
2 Dinamarca 9,4 Monarquia Parlamentarista
3 Finlândia 9,4 República presidencial-parlamentar
4 Suécia 9,3 Monarquia Parlamentarista
5 Singapura 9,2 República Parlamentarista
6 Noruega 9 Monarquia Parlamentarista
7 Netherlands (países Baixos) 8,9 Monarquia Constitucional
8 Austrália 8,8 Monarquia Parlamentarista
9 Suíça 8,8 República Federal Parlamentar
10 Canadá 8,7 Monarquia Parlamentarista



Observe: dos 10 países mais honestos do planeta, 7 são monarquias. 70% do ranking. Apenas 3 são repúblicas.

Repare: não existe república presidencialista no ranking dos 10 mais honestos. Os Estados Unidos (USA), considerados “exemplo” pelos defensores da república, caiu da 22º para a 24º posição no ranking dos países mais honestos do planeta. 
 Os Estados Unidos também não está no ranking dos dos 10 países mais democráticos do planeta.
Curiosidades:
 Quantas monarquias há no mundo? Apenas: 44 – 21% dos países
  Quantas repúblicas há no mundo? 164 – 79% dos países.
 Apesar disso, 70% do ranking dos 10 países mais honestos do planeta é composto por monarquias. Isso mesmo: Monarquias! Isso não é coincidência. As monarquias têm motivo para funcionar melhor. Elas são mais honestas, favorecem mais a democracia e o desenvolvimento humano do que suas concorrentes republicanas. É estatístico. Veja porquê defender a monarquia no Brasil e em todo mundo.

 Os 10 países mais corruptos do mundo – 2011
Ranking País Nota Sistema de Governo
1 Somália 1 República Presidencialista
2 Coréia do Norte 1 República Presidencialista
3 Myanmar 1,5 República Presidencialista
4 Afeganistão 1,5 República Presidencialista
5 Uzbequistão 1,6 República Presidencialista
6 Turcomenistão 1,6 República Presidencialista
7 Sudão 1,6 República Presidencialista
8 Iraque 1,8 República Parlamentarista
9 Haiti 1,8 República Semipresidencialista
10 Venezuela 1,9 República Presidencialista

100% dos 10 países mais corruptos do planeta são repúblicas.
 Dos 10 países mais corruptos do planeta, 8 são repúblicas presidencialistas, um é república parlamentarista e outro semipresidencialista.
O Brasil adotou a república presidencialista no plebiscito fraudado de 1993. O Presidencialismo é a pior forma de estado do mundo para combater a corrupção, o totalitarismo e a miséria. Todas as ditaduras do planeta são repúblicas presidencialistas, e os 10 países mais miseráveis do planeta também são repúblicas.
Conclusão:
Combater a república presidencialista é obrigação de toda pessoa de bem que deseja viver num país mais honesto, democrático e humano.


MAIS NOTÍCIAS, VÍDEOS E PALESTRAS NA PAGINA PRINCIPAL

http://www.circulomonarquicoriodejaneiro.org/

 Junte-se a nós no Facebook Círculo Monárquico do Rio de Janeiro https://www.facebook.com/circulomonarquicodo.riodejaneiro 
ou Digite na janela de busca Círculo Monárquico do Rio de Janeiro e peça para ser adicionado

13 novembro, 2012

A estátua recusada por D.Pedro II

E DIZER QUE JÁ TIVEMOS UM GOVERNANTE ASSIM!!



D. Pedro II dispensou estátua em sua homenagem para priorizar a construção de escolas públicas.

A motivação parecia das mais nobres: Pela vitória na guerra do Paraguai, nosso Imperador fazia jus a uma estátua. Melhor ainda: uma estátua feita com o bronze dos canhões do inimigo derrotado. A campanha foi lançada através do jornal Diário do Rio de Janeiro anunciada de acordo com os seguintes termos no dia 19 de março de 1870:

"[...] uma reunião em que se deliberou erigir uma estátua eqüestre ao Sr. D. Pedro 11, como o primeiro cidadão, pela constância e tenacidade que mostrou sempre na sustentação da luta contra o tirano do Paraguai, devendo o monumento ser fundido no país com o bronze das peças tomadas ao inimigo. "

D. Pedro II não esperou o dia seguinte para comentá-la. Em carta pública, causou surpresa geral ao rechaçar a homenagem em grande estilo:

"Si querem perpetuar a lembrança do quanto confiei no patriotismo dos brasileiros para o desagravo completo da honra nacional e prestígio do nome brasileiro [...] O senhor e seus predecessores sabem como sempre tenho falado no sentido de cuidarmos da educação pública, e nada me agradaria tanto a ver a nova era de paz firmada sobre conceitos de dignidade dos brasileiros começar por um grande ato de iniciativa deles ao bem da educação pública."

No Parlamento, a rejeição ao projeto da estátua chegou a ser criticada. Em maio, o senador José de Alencar (1829-1877) tratou o tema como uma ingerência do Imperador no Poder Legislativo, uma vez que já havia sido aprovado o financiamento para a elevação da imagem urbana. Nas sessões seguintes, porém, os parlamentares acompanharam a decisão do Imperador. O ministro do Império Paulino José Soares de Souza, por sua vez, manifestou na imprensa o apoio a Sua Majestade. Seu discurso alinhado com o Chefe de Estado reforçava a relação entre paz e progresso, este entendido como avanço “intelectual e moral da nação”. 
Para enfatizar suas prioridades, o Imperador lançou, naquele mesmo ano, as pedras fundamentais das primeiras escolas municipais do Rio de Janeiro, então Corte Imperial. Inauguradas em 1872, eram elas a Escola São Sebastião (posteriormente chamada Benjamin Constant e demolida em 1938 para a abertura da Avenida Presidente Vargas), localizada na freguesia de Santana, e a Escola São Cristóvão (depois chamada Gonçalves Dias), localizada no bairro de mesmo nome. Durante as décadas de 1870 e 1880, seriam criadas outras seis escolas municipais na cidade. O que não quer dizer que o imperador estivesse esbanjando recursos públicos: somente uma de todas essas escolas consumiu verba do Estado em sua construção, sendo as outras sete viabilizadas por contribuições particulares ou por subscrição pública. E sempre envolvidas pela solenidade imperial: D. Pedro II fazia questão de estar presente e participar tanto dos rituais de lançamento da pedra fundamental quanto das inaugurações.
Não seria exagero dizer que a mais recorrente representação do Brasil monárquico é a imagem de D. Pedro II.  No entanto, há poucas esculturas públicas do longevo imperador. Uma das peças mais conhecida pode ser considerada escultura abaixo


inaugurada em 1911 e que representa o Imperador de modo civil, numa postura contemplativa e serena, lembrando os retratos do liberal intelectual.
Curioso é que a imagem foi produzida não no período imperial, mas na primeira metade do século XX, numa evidente manifestação de saudosismo que se confunde com a identidade construída em torno da cidade de Petrópolis. Em 1925, por ocasião do centenário do nascimento de D. Pedro II, inaugurou-se um busto na estação ferroviária que leva seu nome (mais conhecida como Central do Brasil) e uma estátua no parque da Quinta da Boa Vista, em frente ao antigo Palácio Imperial, já então transformado pela República no Museu Nacional.

A ESTÁTUA RECUSADA
Assim, a escultura, que havia sido moldada em gesso por Francisco Manoel Chaves Pinheiro, em 1866,   nunca chegou a ser fundida em bronze. Mas graças ao trabalho de Conservação e Restauração do Museu Histórico Nacional e ao apoio financeiro de  sua  Associação de Amigos,  foi concluída em 1999 sua a restauração da monumental.


Junte-se a nós no Facebook Círculo Monárquico do Rio de Janeiro https://www.facebook.com/circulomonarquicodo.riodejaneiro 
ou Digite na janela de busca Círculo Monárquico do Rio de Janeiro e peça para ser adicionado

10 novembro, 2012

Sérvios querem a monarquia de volta

Cidadãos sérvios estão claramente desejando mudar seu governo de uma República para uma Monarquia Constitucional, como foi mostrado recentemente pelo jornal impresso sérvio "Blic". 


No levantamento, 64% dos sérvios escolheram a Monarquia ao invés de República. 
Uma das grandes vozes que apóiam a Monarquia na Sérvia é a Associação do Reino da Sérvia. A associação está empenhada em divulgar os benefícios de uma Monarquia Constitucional na Sérvia, e um dos meios mais comuns é o "boca a boca". 
O website oficial desta Associação prega que
 "Uma Monarquia Constitucional é a única solução útil para a sustentabilidade da nação Sérvia, equilibrando os valores do passado e do futuro." 
A Associação também pede a todos os sérvios espalhados pelo mundo para se  cadastrem e se unirem em torno da nobre causa.
O chefe da Família Real sérvia, coroado Príncipe Alexander II, é muito  conhecido e respeitado. Foi diversas vezes entrevistado quando esteve no casamento real britânico, pois é o primeiro afilhado da Rainha da Inglaterra, Elizabeth II.


"Nosso príncipe trouxe muita sorte para a Sérvia, por seus esforços em buscar investidores interessados no desenvolvimento da nação e divulgar 
 a beleza de nosso amado país. Sua esposa, a princesa Katherine, investiu muito no sistema de saúde, possibilitando a salvação de muitas pessoas. É disto que a Sérvia precisa, de um verdadeiro pai e de uma verdadeira mãe para nos orientar!" - afirma Zorica, uma jovem sérvia.
O Príncipe Alexander constantemente se manifesta sobre a democracia e direitos humanos. Desde a extinta Iugoslávia, se opôs à ditadura comunista, que assombrava e desumanizava os cidadãos sérvios e não-sérvios.

Vários vídeos em inglês de entrevistas com o Príncipe Alexandre da Sérvia no link logo acima.
Site em inglês da Casa Real da Sérvia
Junte-se a nós no Facebook Círculo Monárquico do Rio de Janeiro https://www.facebook.com/circulomonarquicodo.riodejaneiro 
ou Digite na janela de busca Círculo Monárquico do Rio de Janeiro e peça para ser adicionado

09 novembro, 2012

D. Luiz e D.Bertrand sagrados Cavaleiros da Ordem Eqüestre do Santo Sepulcro de Jerusalém

S.A.I.R, o Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança, Chefe da Casa Imperial do Brasil, e seu irmão, S.A.I.R., o Príncipe Dom Bertrand de Orleans e Brangança, serão investidos como Cavaleiros na Ordem Eqüestre do Santo Sepulcro de Jerusalém.
 A cerimônia, que tem uma tradição de 900 anos,  ocorrerá no dia 17 de novembro de 2012, em Salvador, às 17h30m,  na Basílica do Mosteiro de São Bento, e o Príncipe D. Luiz será representado por seu irmão, D. Bertrand de Orleans e Bragança.

A Basílica do Mosteiro de São Bento passou a ser, em 2011, o cenário de um ritual que remonta às primeiras cruzadas à Terra Santa desde o ano 1099. Por isso a  cidade de Salvador se sente  “espiritualmente” ligada à Jerusalém, não somente pelo fato da cidade homenagear Jesus Cristo “Salvador” com o seu nome, mas pela primeira investidura histórica de Cavaleiros e Damas da Ordem Eqüestre do Santo Sepulcro de Jerusalém na Bahia.





 Junte-se a nós no Facebook Círculo Monárquico do Rio de Janeiro https://www.facebook.com/circulomonarquicodo.riodejaneiro ou Digite na janela de busca Círculo Monárquico do Rio de Janeiro e peça para ser adicionado

08 novembro, 2012

Entrevista de D.Pedro de Orleans e Bragança

D. Pedro de Orleans e Bragança é irmão de S.A.I.R, o Príncipe D. Luiz de Orleans e Bragança, Chefe da Casa Imperial do Brasil.

Junte-se a nós no Facebook Círculo Monárquico do Rio de Janeiro https://www.facebook.com/circulomonarquicodo.riodejaneiro 
ou Digite na janela de busca Círculo Monárquico do Rio de Janeiro e peça para ser adicionado

05 novembro, 2012

Breve retrato biográfico da Princesa Isabel para a causa da sua beatificação


Breve Retrato Biográfico da Princasa Isabel por Hermes Rodrigues Nery

Palestra por Historiadora do Museu Imperial de Petrópolis
 

 
Junte-se a nós no Facebook Círculo Monárquico do Rio de Janeiro https://www.facebook.com/circulomonarquicodo.riodejaneiro
ou Digite na janela de busca Círculo Monárquico do Rio de Janeiro e peça para ser adicionado
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

OBRIGADO PELA VISITA